Publicado em 07/12/2018 às 08h47.

Rocha é criticado por torcida após presentear Bolsonaro com camisa do Vitória

"Ele tem histórico de usar a imagem do clube para interesses próprios dentro da política", diz a organizada Brigada Marighella

Matheus Morais
Foto: Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados
Foto: Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados

 

Depois de anunciar o apoio oficial do PR ao novo governo, o líder do partido na Câmara dos Deputados e ex-presidente do Vitória, José Rocha, presenteou o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) com uma camisa do clube.

O afago de Rocha não agradou à torcida organizada Brigada Marighella, que protestou nas redes sociais contra o ato.

“José Rocha tem histórico de usar a imagem do clube para interesses próprios dentro da política. Quando presidente do clube, em 1986, chegou a usar as cores e o nome do Vitória em sua campanha política, afim de se eleger, e agora usa simbolicamente a camisa do Vitória para selar sua aliança com o novo governo”, diz a mensagem postada em uma rede social da torcida.

A torcida classifica ainda o governo de Bolsonaro como um”retrocesso”.

“Seja porque seu partido defende o fim das torcidas organizadas, pois as consideram como organizações criminosas, como expressado pelo deputado federal Major Olímpio (PSL-SP), seja por que retira direitos do povo, e não entende o esporte como importante para a formação cidadã dos jovens que, muitas vezes, sem perspectivas, ficam à mercê de alternativas de risco a exemplo do tráfico de drogas”.