Publicado em 07/09/2018 às 12h40.

Seleção brasileira enfrenta os EUA em primeira partida pós-Copa

Sem Marcelo, Miranda e Gabriel Jesus, seleção tem novidades na convocação; Neymar volta a usar braçadeira de capitão

Redação
Foto: Carlos Garcia Rawlins/ Reuters/ Agência Brasil
Foto: Carlos Garcia Rawlins/ Reuters/ Agência Brasil

 

Na noite desta sexta-feira (7), a seleção brasileira de futebol enfrenta os Estados Unidos em amistoso na Nova Jersey. É o primeiro desafio do Brasil após a saída precoce nas quartas-de-final para a Bélgica na Copa do Mundo da Rússia 2018. A partida começa às 21h05 (horário de Brasília) e transmitida em tempo real pela TV Globo e pelo SporTV.

A convocação de Tite traz novidades em relação à equipe que deixou escapar o hexa neste ano. Entres os nomes que não estiveram na Rússia estão os zagueiros Felipe (Porto), Dedé (Cruzeiro); o lateral Fabinho (Liverpool); os meias Arthur (Barcelona), Lucas Paquetá (Flamengo) e Andreas Pereira (Manchester United); e o atacante Pedro (Fluminense).

Apesar das caras novas, os onze jogadores que devem ir à campo formam a base da seleção canarinha na última Copa. Os ausentes Marcelo, Miranda e Gabriel Jesus, dão lugar a Filipe Luís, Marquinhos e Firmino. O craque Neymar, sempre contestado, voltou a ganhar a braçadeira e a confiança de Tite.

“É diferente de 2010, de 2014. Estou mais velho, mais experiente. É uma sensação diferente e temos que nos preparar para passar nossa mentalidade aos mais novos. Cada vez mais nos unindo, nos fechando em campo, buscando vencer sempre e o melhor para a Seleção”, disse o atacante do PSG em entrevista ao Globo Esporte.

Escalação:
Alisson, Fabinho, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro; Douglas Costa, Fred, Philippe Coutinho e Neymar; Roberto Firmino.