Publicado em 08/01/2019 às 16h07.

Sócios do Vitória fortalecem movimento para tirar Ricardo David da presidência

Para o grupo, o atual presidente é o responsável pela crise que o Rubro Negro enfrenta

Redação
Reprodução: Arquivo Pessoal
Reprodução: Arquivo Pessoal

 

Sócios e conselheiros do Esporte Clube Vitória se reuniram na noite da última segunda-feira (7), para fortalecer o movimento contra o atual presidente do clube, Ricardo David.

A intenção do grupo é convocar uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE), com intuito de destituir o presidente da agremiação.

Para o grupo, Ricardo David é o responsável pela crise que o Vitória enfrenta. Os sócios e conselheiros acreditam que o presidente não reúne mais condições de continuar no comando do clube. “O movimento está muito forte, é o retrato do que a gente ouve nas ruas. A situação do atual presidente é irreversível. Não tem mais condições de continuar no comando do clube”, pontuou o vereador e conselheiro do Vitória, Paulo Magalhães Jr.

Além do rebaixamento e do péssimo rendimento em 2018, o clube ainda enfrenta uma crise financeira. O Vitória deve o pagamento de um mês de salário e dois de direitos imagem aos jogadores.

Entre as mudanças previstas por David e dirigentes do clube para melhorar a situação do Rubro Negro em 2019 está a transferência dos jogos para a Arena Fonte Nova. Com o orçamento reduzido por conta do rebaixamento para a Série B e baixa média de público na última temporada, Francisco Salles passou a estudar meios para aumentar a arrecadação do clube neste ano, porém as propostas não convencem os sócios e torcedores do time.