Publicado em 05/09/2016 às 12h40.

Prefeitura descumpre novo prazo e posto de São Marcos segue fechado

Secretaria Municipal de Saúde não estabeleceu nova data para reinauguração; unidade permanece de portas cerradas há um mês e seis dias

Luís Filipe Veloso
Foto: Reprodução/ Google Street View
Foto: Reprodução/ Google Street View

 

A Unidade de Saúde de São Marcos, fechada oficialmente desde o dia 31 de julho, não abriu as portas nesta segunda-feira (5), conforme prometido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ao bahia.ba no último dia 24, após já ter descumprido prazo anterior, estabelecido para o dia 22.

À época, a pasta disse à reportagem que o posto seria reinaugurado com reforma, mesmo sem uma nova empresa gestora escolhida através de licitação pública, em andamento, após o fim do vínculo contratual com o Monte Tabor, que dirigia o local há 16 anos.

De acordo com a SMS, os serviços voltariam a ser prestados por uma equipe administrada diretamente pela prefeitura, em caráter provisório. Não aconteceu, segundo informações da própria SMS à reportagem. A justificativa foi um atraso na montagem da equipe.

Enquanto isso, os mais de 250 atendimentos diários que seriam realizados na unidade de referência para o público de São Marcos, Pau da Lima, Canabrava, Colinas de Pituaçu, Recanto das Ilhas e outras localidades que estão às margens da Estrada Velha do Aeroporto permanecem suspensos há um mês e seis dias.

A assessoria do órgão municipal não informou uma nova data para reinício das atividades no centro de saúde do bairro e os profissionais que prestaram serviços no local até o fim da gestão do grupo mantenedor do Hospital São Rafael continuam incertos quanto ao futuro, já que ainda não foram procurados para reassumirem suas funções com o fim da reforma predial, fato que ficou informalmente alinhado, segundo eles.

Mais notícias