Publicado em 08/11/2018 às 17h00.

Acordo autoriza shoppings a funcionar aos domingos e feriados

Os estabelecimentos estavam proibidos de funcionar nestes dias desde outubro

Juliana Almirante
Foto: Divulgação/Assessoria
Foto: Divulgação/Assessoria

 

Acordo homologado pela Justiça do Trabalho de Salvador, na tarde dessa quinta-feira (8), autorizou o retorno do funcionamento dos shoppings centers e lojas ligados à Federação do Comércio de bens, serviços e turismo do estado da Bahia (Fecomércio), aos domingos e feriados. Os estabelecimentos estavam proibidos de funcionar nestes dias desde outubro.

O acordo desta quinta-feira foi com o Sindicato dos Empregados do Comércio da cidade do Salvador. Conforme o TRT, o Sindilojas e seu advogado não compareceram à audiência.

A conciliação foi conduzida pelo juiz José Arnaldo de Oliveira. Foi fixada, entre outras cláusulas, a possibilidade de trabalho aos domingos e feriados na mesma linha da convenção 2017/2018, que estava com a vigência expirada desde 28 de fevereiro deste ano.

Com a proposta de reedição da convenção coletiva, os trabalhadores também receberão o ajuste pactuado em relação aos percentuais salariais, com aumento linear retroativo de 2% para quem recebe salário acima do piso e 2,2% para os funcionários que recebem o piso da categoria, além da majoração de benefícios pagos em pecúnia (2%).

Ao bahia.ba, o presidente do Sindilojas, Paulo Motta, que representa lojas e comércio varejista afirmou que o acordo não corresponde aos interesses do sindicato. Segundo ele, depois do dia 18 de novembro, quando deverá expirar um prazo judicial, o sindicato vai entrar com ações próprias para tentar evitar que as empresas paguem multa. “Não tínhamos o que negociar. As propostas dos lojistas com o Sindicato dos Comerciários são muito distantes”, afirmou Paulo.