Publicado em 21/03/2019 às 20h20.

Após STJ acolher recurso, João de Deus será transferido para hospital em Goiânia

Defesa apresentou laudos médicos que apontam risco de morte; internação será de 4 semanas

Redação
Foto: Reprodução/TV Globo
Foto: Reprodução/TV Globo

 

O médium João Teixeira de Farias, o João de Deus, vai ser transferido para um hospital em Goiânia. A decisão é do Supremo Tribunal de Justiça (STF), por meio do ministro Nefi Cordeiro, que aceitou um recurso de defesa do religioso.

Agora, João de Deus ficará internado no Instituto de neurologia de Goiânia ou outra unidade hospitalar próximo que atenda o grau de complexidade necessário.

Defensor do médium, o advogado Alberto Toron baseou seu pedido nos laudos médicos, que apontam “risco de morte, que não pode ser ignorado”. “É uma pessoa que tem 77 anos. Não dá para menosprezar essa situação. Já teve uma série de intercorrências, de câncer à colocação de stents”, afirmou Toron.

Outra alegação da defesa é referente a outros problemas de saúde, além da idade, como a realização de uma cirurgia de grande porte que resultou na retirada de mais de 60% do estômago.

Uma avaliação feita por um cardiologista também constatou que o médium perdeu 17 quilos em dois meses, está desidratado e hipertenso e apresenta um linfonodo no pescoço e dor e edema na perna. Por isso, a internação seria necessária num período de quatro a oito semanas.

A transferência será, inicialmente, por quatro semanas, e o médium será acompanhado por escolta policial no local de tratamento médico. Com informações da Folha.