Publicado em 03/01/2017 às 17h39.

Cármen Lúcia discute censo da população carcerária nacional

Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) começou a debater a possibilidade com as instituições em dezembro

Redação
Foto: Jose Cruz/ Agência Brasil
Foto: José Cruz / Agência Brasil

 

Preocupada com a situação dos presídios brasileiros, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Cármen Lúcia, avalia a realização de um recenseamento da população carcerária nacional, segundo a Folha de S. Paulo.

O assunto começou a ser debatido pela ministra com as instituições em dezembro. O censo nos presídios deve ser realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com o apoio do Exército.

Cármen Lúcia se reunirá nesta quarta (4), às 10h30, com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, em seu gabinete no Supremo. Na quinta (5), pela manhã, ela viaja para Manaus, onde vai se reunir às 10h com os presidentes dos Tribunais de Justiça de Amazonas, Acre, Rondônia, Roraima, Pará, Maranhão e Rio Grande do Norte, na sede do TJ do Amazonas.