Publicado em 30/10/2018 às 17h00.

Conciliação ganha mais espaço no TRT5-BA

Novo Centro de Conciliação será inaugurado em novembro

Redação

 

Foto: Divulgação TRT5-BA
Foto: Divulgação TRT5-BA

 

Tendo a conciliação como uma meta prioritária, a atual gestão do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5-BA) vai inaugurar o Centro de Conciliação da Justiça do Trabalho da 2ª Instância (Cejusc-2) na próxima segunda (5/11) às 9 horas. A unidade funcionará no térreo do Edifício Ministro Coqueijo Costa, em Nazaré, e terá capacidade para atender empresas e pessoas com desejo de conciliar nos seus processos na 2ª instância.

O JC2/Cejusc-2 continuará promovendo os acordos globais que já são feitos pelo Juízo de Conciliação, envolvendo grandes empresas e entes públicos com muitos processos, o que beneficia um número significativo de trabalhadores. Entre os casos de sucesso há a Empresa Baiana de Alimentos (Ebal), a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), o Hospital Salvador e as faculdades Visconde de Cairu, São Tomaz de Aquino e São Salvador. Além disso, todos os processos de 2ª Instância, exceto os dissídios coletivos, podem ser encaminhados para a unidade, a pedido dos magistrados ou por solicitação das partes envolvidas.

A sala agora terá o nome de JC2/Cejusc-2, uma vez que o Juízo de Conciliação da 2ª Instância (JC2) continua o seu funcionamento e acumula, no novo local, a função do Cejusc. As audiências acontecerão de segunda a sexta, com pautas pela tarde de segundas a quartas-feiras, e pelas manhãs nas quintas e sextas-feiras.