Publicado em 20/01/2018 às 11h30.

Eleição OAB-BA: Grupo de Luiz Viana faz acordo para evitar racha

O conselheiro federal Fabrício de Castro Oliveira e o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados da Bahia (CAAB), Luiz Coutinho, disputam a preferência do grupo

Rodrigo Daniel Silva
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

 

O time do advogado Luiz Viana Queiroz, presidente da seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA), fez um acordo para eleições deste ano da entidade a fim de evitar um racha no grupo.

Pela combinação, o pré-candidato que estiver em melhores condições será apoiado pela base de Luiz Viana. Hoje, dois advogados se colocam como candidatos pelo grupo. O conselheiro federal da OAB-BA, Fabrício de Castro Oliveira, e o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados da Bahia (CAAB), Luiz Coutinho.

Coutinho confirmou, neste sábado (20), ao bahia.ba o acordo. Ressaltou, ainda, que o “importante” é o projeto do grupo, que está há cinco anos no comando da entidade, permanecer. Já Fabrício Oliveira descartou qualquer possibilidade de racha no time.

Na última eleição, em 2015, o comentário, nos bastidores da OAB-BA, é de que Luiz Viana só foi candidato à reeleição para evitar a divisão do grupo, já que o presidente da CAAB e o conselheiro federal ameaçavam lançar candidaturas separadas.

O pleito para escolha do novo mandatário da Ordem só acontecerá no final de novembro. Pelo lado da oposição, o advogado Gamil Föppel – responsável pela defesa do ex-ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (MDB) – é apontado como principal postulante.

Mais notícias