Publicado em 10/01/2019 às 19h58.

Marca Ara Ketu volta a entrar em leilão do TRT5

Com mais de 300 lotes, o leilão está marcado para o dia 6 de fevereiro

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O leilão do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5), que será realizado presencialmente no próximo dia 06 de fevereiro, às 9 horas, no auditório do Fórum Juiz Antônio Carlos Araújo de Oliveira, no bairro do Comércio, conta com 312 lotes disponíveis para lances. As ofertas estão disponíveis online, mediadas pelo leiloeiro Arthur Nunes, e a lista completa dos bens, os valores e as condições de venda podem ser verificadas neste link.

O destaque entre os imóveis, mobiliários e produtos diversos, é o leilão da marca Ara Ketu Produções Artísticas, com CNPJ  02.993.273/0001-43, avaliada em R$ 750 mil, porém com lance inicial de R$ 350 mil. A empresa responde por um processo judicial, motivado por dívidas trabalhistas, desde 2007. A ação foi movida por Arislene Cerqueira do Nascimento, funcionária da empresa Ara Ketu Produções Artísticas Ltda.

A marca Ara Ketu entrou no leilão realizado em dezembro de 2018, no entanto, por determinação judicial, teve a sua venda adiada para fevereiro de 2019, caso a empresa não comprove o pagamento de débito trabalhista em até cinco dias. De acordo com o juiz Fabrício Porto Magalhães, da 4ª Vara do Trabalho de Salvador, a mudança de data aconteceu “em razão da discussão gerada em torno do correto valor referente à atualização do saldo remanescente devido”.

Na ocasião, o TRT5 afirmou que o processo permanece ativo, porque “a empresa deixou de cumprir integralmente acordo feito em fevereiro [de 2018] e restaram pendências”. A empresa Ara Ketu Produções afirma que os juros, no valor de R$ 4 mil, levaram à manutenção do processo, assim como à continuidade de marca em hasta pública (leilão). “Esse trâmite vem se arrastando desde o pagamento do valor principal até o dia de hoje”, divulgou a empresa Ara Ketu em nota.