Publicado em 02/02/2018 às 21h20.

Ministro do STJ recebe R$ 125 mil líquidos de salário em dezembro

Maior parte do salário é referente a benefício chamado 'abono permanência'

Redação
Foto: Reprodução / Youtube
Foto: Reprodução / Youtube

 

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Rogerio Schietti, recebeu no mês de dezembro R$ 144 mil de salário, sendo que desta quantia R$125.269,46 representam o valor líquido.

Além do salário fixo de R$ 32 mil, o magistrado também recebeu auxílio-moradia (R$ 4.377), auxílio alimentação (R$ 884), férias R$ 10.691), décimo-terceiro (R$ 16.037), abono permanência (R$ 3.528) e pagamentos retroativos de R$ 76.542.

O abono permanência é o benefício para servidores que poderiam estar aposentados, mas continuam trabalhando. Um ministro que paga R$ 3,5 mil para o INSS acaba recebendo o mesmo valor em seu salário.

Segundo a assessoria de imprensa do tribunal, o valor exorbitante do salário do ministro “é referente a atrasados do abono permanência, a que o ministro tem direito por força de lei”.