Publicado em 10/06/2019 às 18h11.

OAB recomenda afastamento de Moro e procuradores da Lava Jato

Conselho Federal da Ordem se reuniu nesta segunda-feira (10)

Redação
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) recomendou o afastamento do ministro de Justiça Sérgio e dos procuradores da Lava Jato.

O colegiado se reuniu nesta segunda-feira (10) e pediu “prudência” em relação ao assunto. Mas pontuou que “não se pode desconsiderar, contudo, a gravidade dos fatos, o que demanda investigação plena, imparcial e isenta”.

“Este quadro recomenda que os envolvidos peçam afastamento dos cargos públicos que ocupam, especialmente para que as investigações corram sem qualquer suspeita”, completa a nota.

PUBLICIDADE