Publicado em 09/05/2017 às 11h02.

Pedido de habeas corpus de Christiano Rangel é negado pela Justiça

A juíza Maria do Socorro Santa Rosa de Carvalho não concedeu a liminar que permitiria a liberdade preventiva do empresário, acusado de agredir a ex-namorada

Redação
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

 

O pedido de habeas corpus do empresário Christiano Mascarenhas Rangel foi negado pela juíza substituta de 2º Grau Maria do Socorro Santa Rosa de Carvalho Habib. Ele vai continuar preso no Complexo Penitenciário da Mata Escura.

De acordo com o jornal Correio, a magistrada não concedeu a liminar que permitiria a liberdade preventiva do acusado de agredir a ex-namorada, Aida Nunes, em janeiro de 2013.

Rangel foi condenado a quatro anos e cinco meses de prisão em regime aberto. Segundo a advogado de Aida, Rosberg Crozara, a prisão foi feita porque ele descumpriu uma medida protetiva que o impedia de se aproximar da sua cliente.