Publicado em 01/02/2018 às 12h35.

Presidente do TRE-BA não descarta reabrir cadastro biométrico

José Edivaldo Rotondano disse, na manhã desta quinta-feira (1º), que a Corte Eleitoral vai deliberar sobre o assunto no dia 21 de fevereiro

Mateus Soares / Rodrigo Daniel Silva
Foto: Vaner Casaes / ALBA
Foto: Vaner Casaes / ALBA

 

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), José Edivaldo Rotondano, não descartou a possibilidade de que ocorra uma reabertura do prazo para a realização do processo biométrico após o período de carnaval.

Em entrevista ao bahia.ba, na manhã desta quinta-feira (1º), o desembargador lamentou que grande parte dos eleitores do estado tiveram seus títulos cancelados e garantiu que “tudo se resolverá a partir do dia 21 de fevereiro”.

“Depois do carnaval, logo na primeira sessão, é que vamos deliberar sobre os eleitores que tiveram seus títulos cancelados e que não compareceram para a revisão biométrica. […] Gostaria que a Bahia toda tivesse biometrizada, mas não é o caso. O que eu digo é que o eleitor tem o direito de votar e ser votado. Nós não podemos abster esse direito. A Corte vai deliberar sobre essa situação e eu acredito que tudo se resolverá a partir do dia 21 de fevereiro”, disse Rotondano.

Mais notícias