Publicado em 02/01/2018 às 16h40.

Segunda audiência de processo do MPT contra SBT é marcada pra junho

Em um dos casos do texto, está o episódio em que Sílvio Santos insiste que Maísa Silva namore com o apresentador Dudu Camargo

Redação

Está marcado para 4 de junho pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT), a segunda audiência do processo do Ministério Público do Trabalho (MPT) contra a SBT, que pede R$ 10 milhões de indenizações por “danos morais coletivos” em casos envolvendo funcionários da emissora.

Um dos casos é de Sílvio Santos sugerindo e insistindo que a apresentadora Maísa Silva, 15 anos, namorasse com o colega de SBT, Dudu Camargo. Ao vivo, a menina recusou as investidas e se mostrou desconfortável com a situação.

Outro citado é o caso em que Ratinho chutou uma caixa de papelão em que estava sua assistente de palco. No texto da ação, é alegado que houve “violações dos direitos à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem” dos envolvidos.

O SBT ainda não se manifestou.