Publicado em 14/05/2018 às 15h20.

STF contratará seguranças para proteção de Edson Fachin

Valor estimado da contratação é de R$ 1,6 milhão para um período de 30 meses

Redação
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

O Supremo Tribunal Federal (STF) abriu licitação para contratar seis seguranças armados. Os profissionais atuarão na casa do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte.

O valor estimado da contratação é de R$ 1,6 milhão para um período de 30 meses. Vale lembrar que Fachin revelou no fim de março que tem recebido ameaças.

O ministro porém, não citou quais tipos de ameaças teria sofrido ou como teriam ocorrido. A licitação prevê que os serviços sejam prestados a partir de 1º de julho deste ano até 31 de dezembro de 2020.