Publicado em 08/12/2017 às 19h43.

Caravana da JPT-BA chega à Região Metropolitana de Salvador

"A Juventude de Camaçari, Salvador, Lauro de Freitas, Candeias e de toda a RMS clama por uma mudança real na política", acredita o secretário estadual da JPT, Matheus Maciel

Redação

 

Oficinas de turbante e de grafite, apresentações de teatro, dança e poesia. Essas são algumas das atrações confirmadas na programação da próxima Caravana da Juventude do Partido dos Trabalhadores da Bahia (JPT-BA), que agora chega à Região Metropolitana de Salvador (RMS).

O encontro territorial, que já passou por regiões como o Litoral Norte e o Sul do estado, será chamado Misturaê e acontecerá no sábado (9), das 14h às 18h, na Praça da Simpatia, na cidade de Camaçari.

“A Juventude de Camaçari, Salvador, Lauro de Freitas, Candeias, Dias D’Avila e de toda a RMS clama por uma mudança real na política. Com cada vez mais participação popular, com partidos e governos ouvindo cada vez mais os setores da sociedade”, afirmou o secretário estadual da JPT, Matheus Maciel.

De acordo com Matheus, para a juventude, é nítido que o “neocarlismo não representa nenhum tipo de renovação”. “É o mesmo modelo mandonista e atrasado de fazer política. É fundamental que em um momento de combate ao golpismo e com reais ameaças aos nossos direitos, que adquirimos com tanta luta, que o PT tenha capacidade de dialogar com a juventude, a faixa geracional mais afetada pelos desmontes”, reforçou.

Já a secretária da JPT em Camaçari, Lorenna Souza, afirmou que espera um evento com manifestações artísticas arte e onde a juventude se sinta livre.

“Camaçari respira política 24 horas, e, apesar de ser conhecida como uma cidade operária, nós também temos um vínculo muito forte com essa questão da cultura e arte. A nossa proposta foi bem ousada em construir uma atividade que dialogue não só para a JPT, mas com outras juventudes organizadas que expressam através da arte o seu posicionamento político”.