Publicado em 22/09/2017 às 19h01.

Lançado projeto de proteção e preservação de lagoas em Feira

Prefeito José Ronaldo anunciou conjunto de ações que inclui a criação de Parque Linear e sede da Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável (Unamacs)

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Um projeto de proteção e preservação de lagoas, a criação de mais um Parque Linear, a sede da Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável (Unamacs) e a destruição de equipamentos sonoros apreendidos na campanha Feira quer Silêncio.

Todas as medidas fazem parte de um conjunto de ações anunciadas nesta quinta-feira (21) pela prefeitura de Feira de Santana.

A apresentação das propostas para a imprensa, pelo prefeito José Ronaldo, aconteceu no Parque da Cidade Frei José Monteiro, sob as bênçãos do arcebispo Dom Zanoni Demettino Castro. O evento, organizado pelo secretário municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Sérgio Carneiro, contou com a presença do deputado estadual Carlos Geilson, vereadores, secretários e outras autoridades.

As lagoas serão delimitadas, de forma a impedir que sejam indevidamente ocupadas no futuro. O investimento, de aproximadamente R$ 900 mil, é proveniente do Fundo Municipal do Meio Ambiente.

Três das lagoas a serem protegidas são interligadas e ficam no bairro Conceição (lagoas de Minas, do Meio e do Mirante). A quarta é a do Subaé. Essas terão pistas de cooper e ciclismo. A quinta a ser protegida é a lagoa de Terra Dura, no distrito de Humildes.

A lagoa de Berreca, localizada no final da Avenida Artêmia Pires, região do bairro Sim, também receberá pista de cooper e ciclovia através de parceria da administração municipal com a empresa L. Marquezzo.

A Unef, igualmente em termo de compromisso firmado com a gestão feirense, será responsável pelo investimento que resultará no Parque Uniefs, espelho d’água que embelezará a paisagem urbana na área onde está localizada a faculdade privada.

PUBLICIDADE