Publicado em 20/12/2017 às 14h38.

Livro temático ‘A cidade da Bahia’ será lançado nesta quarta-feira

Publicação trata-se de uma iniciativa conjunta e inédita da Assembleia Legislativa da Bahia, Tribunal de Contas do Estado e do Tribunal de Contas dos Municípios

Redação

Um livro para ler, mas também para contemplar, ver com atenção minúcias impressas em fotografias que contam a história da cidade do Salvador, ou Cidade da Bahia, como era mais conhecida no passado. Esse é o livro “A Cidade da Bahia”, uma coleção de fotografias, organizadas com textos que contam suas histórias, do pesquisador Nelson Varón Cadena. A publicação, uma iniciativa conjunta e inédita da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Tribunal de Contas do Estado (TCE) e do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), será lançada logo mais, às 16h, no Saguão Nestor Duarte, da Assembleia Legislativa.

Ao longo das 144 páginas do livro, Nelson Cadena conta a história de Salvador com os registros das lentes fotográficas, ressaltando as belezas de prédios históricos, monumentos, paisagens e tradições de Salvador ou, a São Salvador da Bahia ou ainda, como se dizia nos tempos coloniais, a Cidade da Bahia. Segundo o arquiteto e historiador, Francisco Soares Senna, que prefaciou a obra, o livro “A Cidade da Bahia” é uma “fascinante colcha de retalhos sobre os bairros e localidades da capital baiana, desde o século XIX até o presente ano”.

Francisco Senna ressalta ainda que Nelson Cadena, com a sua linguagem jornalística e publicitária, “aborda a origem do nome das ruas, outrora pitorescos topônimos, até os nomes de heróis e políticos, conforme a conjuntura cultural e política de cada época, demonstrando o resultado de um trabalho de um talentoso pesquisador”, completou. O lançamento do livro, marca ainda o encerramento do ano no Programa Alba Cultural, que já lançou mais de 300 títulos ao longo dos últimos 19 anos. Novos livros já se encontram em produção com previsão de lançamentos para 2018.

Para o presidente da Assembleia, deputado Angelo Coronel(PSD), este programa tem uma importância grande para a cultura da Bahia. “É uma forma de incentivar a produção literária da Bahia. Isso enriquece a nossa cultura e coloca à disposição do povo baiano produções literárias de alto valor histórico e cultural”, afirmou. Coronel lembrou, por exemplo, o livro “A Cidade da Bahia”. “É uma obra que conta a história da cidade de Salvador sob o olhar diferenciado, com o apoio de imagens que ajudam o leitor a compreender o texto, entendendo de forma mais clara a história que nos formou”, concluiu.

PUBLICIDADE