Publicado em 17/09/2018 às 13h22.

Vereador apresenta projeto para garantir segurança do Arquivo Público de Salvador

A capital baiana abriga o maior acervo brasileiro de documentos do período colonial

Redação
Foto: assessoria / divulgação
Foto: assessoria / divulgação

 

Um Projeto de Indicação visando garantir a segurança do Patrimônio Cultural da Bahia foi apresentado na Câmara Municipl pelo vereador Paulo Magalhães Jr. (PV). Conforme a proposta, o governador do Estado terá que criar condições para garantir a preservação do espaço.

A capital baiana abriga o maior acervo brasileiro de documentos do período colonial. O Arquivo Público de Salvador está localizado em um Casarão antigo no bairro da Baixa de Quintas. O edil mostrou preocupação com o estado precário no qual se encontra o Arquivo Público.

Para Magalhães, a manutenção do patrimônio histórico soteropolitano é de extrema importância, tendo em vista o que ocorreu recentemente no Museu Nacional no Rio de Janeiro, que pegou fogo, destruindo a história do país.

“O Arquivo Público de Salvador vive uma situação decadente e chegou a ficar cinco meses fechado, devido ao eminente risco de curto circuito. A umidade é muito grande e as paredes estão escoradas. É preciso atenção dos poderes públicos e respeito à nossa história”, afirmou.