Publicado em 02/07/2019 às 16h20.

14 marinheiros morrem após incêndio em submarino russo

Todas as vítimas atuavam em uma operação de recolhimento de dados no leito marinho e morreram por intoxicação

Redação
Foto: Mikhail Klimentyev/Sputinik/AFP
Foto: Mikhail Klimentyev/Sputinik/AFP

 

Um incêndio em um submarino de pesquisas em águas territoriais russas deixou 14 marinheiros mortos, conformou informou nesta terça-feira (2) o Ministério da Defesa em Moscou.

De acordo com as informações oficiais, o acidente ocorreu na segunda (1º), em um equipamento destinado ao estudo ambiente marinho e do fundo do oceano. Todas as vítimas atuavam em uma operação de recolhimento de dados no leito marinho e morreram por intoxicação.

De acordo com o órgão, o submergível tem base na cidade de Severomorsk, na região de Murmansk, que fica no norte da Rússia, próxima da fronteira com Finlândia e Suécia.

O acidente foi controlado, e o submarino pôde retornar ao porto, afirmaram as autoridades. Agora, a marinha russa deve realizar uma investigação para determinar as causas do incêndio.

Segundo uma fonte militar não identificada ouvida pelo canal de notícias russo RBC, o modelo do submarino era um AS-12 movido a energia nuclear, mas não houve confirmação oficial da informação. Com informações da Folha de S. Paulo.

PUBLICIDADE