Publicado em 16/04/2018 às 15h40.

Ameaçada por ex, cantora europeia revela que é portadora de HIV

No texto compartilhado em seu perfil no Instagram, a austríaca contou que um ex-namorado a ameaçou de vazar a informação para destruir sua carreira

Redação
Conchita
Reprodução: Divulgação

 

Vencedora do Eurovision 2014, a cantora Conchita Wurst usou as redes sociais para contar aos fãs e seguidores que é soropositiva. A revelação caiu como uma bomba para quem acompanhou a carreira da artista, que explodiu nas redes sociais após sua participação na competição europeia.

No texto compartilhado em seu perfil no Instagram, a austríaca contou que um ex-namorado a ameaçou de vazar a informação para destruir sua carreira. “Eu sou soropositiva há anos. Isso é irrelevante para o público, mas um ex-namorado ameaçou divulgar essas informações particulares. No futuro, eu não quero permitir que as pessoas me façam mal ou influenciem minha vida dessa forma”, declarou.

Conchita ainda revelou que sua carga viral é baixa e o motivo principal de ter ‘escondido’ a informação foi para preservar sua família e seu filho, que sempre estiveram ao seu lado. “Faço o tratamento desde o diagnóstico e estou abaixo da carga viral há anos, prevenindo que o vírus se espalhe. Eu não tinha falado sobre isso até agora por duas razões: a mais importante é a minha família, que sempre me apoiou. Eu queria poupá-los da atenção que cairia sobre o filho, tio e irmão deles sendo soropositivo. Em segundo lugar, essa só informação é relevante para quem eu tenho relações sexuais. (…) Eu espero que isso demonstre minha coragem e ajude na desestigmatização das pessoas com HIV”, finalizou.

Nos comentários da postagem, os fãs da artista prestaram apoio e parabenizaram a cantora pela atitude. “Você é uma heroína”, comentou um seguidor. “Muito forte o seu depoimento, que sirva de inspiração para outras pessoas que passam pela mesma situação”, disse outra.

Confira a participação de Conchita Wurst no Eurovision: