Publicado em 18/03/2019 às 17h52.

Bolsonaro dispensa visto para turistas de EUA, Austrália, Canadá e Japão

Medida foi tomada de maneira unilateral; países mantém a exigência do documento para brasileiros

Redação
Foto: Sérgio Lima/Poder 360
Foto: Sérgio Lima/Poder 360

 

Em um aceno para o presidente dos EUA, Donaldo Trump, o presidente da República, Jair Bolsonaro, decretou nesta segunda-feira (18) que os cidadãos dos Estados Unidos não precisam mais de visto para viajar ao Brasil.

Bolsonaro está em viagem oficial a Washington e o decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União desta segunda, sinalizando que a medida estra em vigor a partir de 17 de junho deste ano.  A dispensa também abrange visitantes da Austrália, do Canadá e do Japão.

A isenção de visto se aplica aos que viajam ao Brasil para fins de turismo, negócios, trânsito e para realizar atividades artísticas e esportivas. Também se estende para pessoas “em situações excepcionais por interesse nacional”.

Antes, para visitar o Brasil, os cidadãos de EUA, Austrália, Canadá e Japão precisavam pedir visto nos consulados brasileiros em seus respectivos países. Isso ocorria pelo princípio de reciprocidade.

Como a decisão de Bolsonaro foi de forma unilateral, os cidadãos brasileiros continuam obrigados a apresentar visto em viagens internacionais a esses países.