Publicado em 15/05/2017 às 17h20.

Presidente da Rússia acusa CIA por vírus do ciberataque global

Vladimir Putin negou que as instituições públicas russas tenham sofrido danos com ataque

Redação
Foto: World Economic Forum/ Creative Commons
Foto: World Economic Forum/ Creative Commons

 

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, acusou, nesta segunda-feira (15), o serviço secreto dos Estados Unidos (CIA) de ser “a fonte primária do vírus” do ciberataque global que já afetou mais 200 mil computadores em pelo menos 150 países.

“Acredito que a direção da Microsoft já indicou a CIA como a fonte primária do vírus. A Rússia não tem nada a ver com isso”, frisou Putin, em entrevista coletiva, nesta segunda-feira (15).

O presidente afirmou ainda que as instituições públicas russas “não sofreram danos importantes, nem os bancos, nem o sistema de saúde, nem outros, mas, em geral, não há nada de bom nisto e é preocupante”.