Publicado em 05/03/2018 às 18h00.

Sírio esfaqueia ex-mulher até a morte em transmissão no Facebook

De acordo com a linha de investigação, Abu Marwan procurou a vítima para discutir questões referentes ao divórcio, sobretudo, a guarda dos filhos

Redação
Foto: Reprodução Facebook Abu Marwin
Foto: Reprodução Facebook Abu Marwin

 

O assassinato de uma mulher na Alemanha virou notícia em todo o mundo após ter sido transmitido no Facebook. O autor do crime, Abu Marwan, imigrante sírio de 41 anos, aparece com o rosto sujo de sangue na gravação, depois de esfaquear a esposa quatro vezes, antes de fugir com um dos três filhos do casal.

O criminoso justificou, ainda durante a live, que este era o destino de “mulheres que irritam seus maridos”, encerrando a transmissão fazendo um convite aos espectadores para compartilhar o vídeo, disponível aqui.

Abu Marwan foi preso pela polícia pouco depois de fugir da cena do crime, na cidade de Mühlacker. Suspeita-se que o acusado teria sido expulso de casa quando tentou visitar a esposa depois de uma separação.

De acordo com a linha de investigação, Marwan procurou a vítima para discutir questões referentes ao divórcio, sobretudo, a guarda dos filhos.