Publicado em 20/04/2017 às 17h16.

Tiroteio na Champs-Elysées, em Paris, deixa um policial morto

Circunstâncias do confronto ainda não foram esclarecidas, mas não está descartada a possibilidade de ato terrorista; suspeito dos disparos também foi morto

Redação
Foto: Ludovic MARIN / AFP
Foto: Ludovic MARIN / AFP

 

Pelo menos duas pessoas morreram em um tiroteio na região da Champs-Elysées, em Paris, nesta quinta-feira (20). Segundo agências internacionais, um policial que estava em serviço morreu.

Ainda não há detalhes sobre as circunstâncias do confronto, mas não está descartada a possibilidade de atentado terrorista. O suspeito de ser o atirador também foi morto e outros dois policiais estão gravemente feridos, de acordo com informações do Ministério do Interior.

No microblog Twitter, o sindicato de policiais Unité SGP Police afirma que o suspeito do ataque teria disparado tiros contra uma viatura policial que estava parada em um semáforo com o sinal fechado, por volta das 21h (horário local).

Segundo uma testemunha, o atirador usava um fuzil da marca Kalashnikov, de fabricação russa. Após o conflito, forças policiais parisienses deflagraram uma grande operação na área.

PUBLICIDADE