Publicado em 11/01/2017 às 08h00.

Polícia Civil identifica suspeito de matar bombeiro

O militar prestava socorro a uma família em um carro, vítima de colisão contra um poste no bairro Barreirinhas, quando foi surpreendido pelos tiros

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Um dos suspeitos de disparar contra um bombeiro durante um socorro na noite desta segunda-feira (9), em Barreiras, no oeste baiano, foi identificado nesta terça (10) e já é procurado pela Polícia Civil.

Segundo a corporação, o nome do suposto responsável pela morte do cabo Ademon Gomes de Santana, 46 anos, não será divulgado para evitar que as investigações sejam comprometidas.

O corpo do militar será sepultado nesta quarta-feira (11), às 16h, no Cemitério Jardim da Saudade, em Barreiras.

Caso – O bombeiro militar não estava de serviço, mas atendeu ao pedido desesperado de socorro da esposa do condutor de um carro que havia batido em um poste na Praça Sabino Dourado, no bairro Barreirinhas. Ele passou pelo local logo após a ocorrência.

Quando prestava o atendimento, Ademon foi surpreendido por disparos no tórax por suspeitos a bordo de uma moto.

Segundo a Polícia Civil, a vítima da colisão era perseguida, junto com a mulher e filhos, por um homem que cobrava uma dívida de R$ 70 mil e o bombeiro, sem saber do ocorrido, levou a pior na ação.

Após o crime, os suspeitos fugiram e o motorista foi resgatado para o Hospital do Oeste por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), enquanto o militar morreu no local.