Publicado em 22/03/2019 às 16h44.

Bruno Barral não descarta compor chapa com dono do Atakarejo em 2020

Nos bastidores, secretário tem dito que o mais importante é que a oposição saia unida contra Moema Gramacho

Matheus Morais
Foto: Max Haack/ Agecom
Foto: Max Haack/ Agecom

 

Possível candidato do PSDB, o secretário de Educação de Salvador, Bruno Barral, tem negado, nos bastidores, que desistiu de disputar a Prefeitura de Lauro de Freitas, em 2020.

Contudo, o bahia.ba apurou que ele passou a considerar a possibilidade de compor uma chapa com o empresário Teobaldo Costa, dono da rede de lojas Atakarejo e ex-marido da deputada estadual Mirela Macedo (PSD).  Costa já estaria se articulando para participar do pleito.

A aliados próximos, o tucano vem dizendo ainda que o mais importante é que a oposição saia unida para derrotar a atual prefeita Moema Gramacho (PT), que deve ser candidata à reeleição.

Procurado pelo bahia.ba, Barral desconversou e afirmou que está focado em seu trabalho na Secretária de Educação.

“Eu posso ser e posso não ser candidato. Tenho um compromisso com o prefeito ACM Neto até o final de 2020 e é ele que vai montar esse tabuleiro para as eleições. Fico satisfeito das pessoas lembrarem de mim, do meu nome”, resumiu.

PUBLICIDADE