Publicado em 20/04/2017 às 16h40.

Chefe de quadrilha é preso com mais de 500 munições

Além de Agaston Dourado, suposto líder do grupo, a polícia prendeu um primo dele, João Lucas Souza, que estava com um revólver calibre 32 e foi autuado em flagrante por porte ilegal

Redação
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil

 

Mais de 500 munições para diversos calibres, armas, a quantia de R$ 8,4 mil e mais de 100 folhas de cheques em nome de terceiros foram apreendidas em Ibotirama, na região do Vale do São Francisco, nesta quarta-feira (19).

Segundo a Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati/Depin), os artefatos estavam sob posse de Agaston Castro Dourado. Ele tinha um mandado de prisão em aberto e é suspeito de liderar uma quadrilha de tráfico de drogas responsável por vários homicídios na região.

Na casa dele, a polícia apreendeu quatro veículos, sendo duas picapes (uma SW e uma Strada), um sedan Azera e uma moto Honda CG 125, além de 23 DUTs (Documento Único de Transferência) em branco.

Na ação, foi também preso João Lucas da Silva Souza, primo de Agaston, que estava com um revólver calibre 32 e foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma.

Todo o material apreendido será encaminhado para a perícia e os dois suspeitos para o sistema prisional.

PUBLICIDADE