Publicado em 13/09/2018 às 08h35.

Colégio estadual continua sem aula após estudante receber descarga elétrica

A garota passa bem, sem sequelas, mas disse que chegou a perder a sensibilidade das mãos após o choque

Redação
Foto: Reprodução/TV Santa Cruz
Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

 

Alunos da Escola Estadual Eduardo Catalão, localizada na cidade de Ilhéus, no sul da Bahia, continuam sem aula nesta quinta-feira (13), após a estudante Katarina Oliveira receber uma descarga elétrica dentro da unidade, ao se encostar em uma grade de ferro.

“Eu estava com a perna machucada, mancando. Aí, quando eu fui pegar no corrimão, para dar passada, eu segurei na grade de uma das janelas. Foi quando eu fiquei grudada. Aí, eu fiquei tentando tirar sozinha, não consegui. Comecei a pedir socorro”, explicou a adolescente à TV Santa Cruz.

A garota passa bem, sem sequelas, mas disse que chegou a perder a sensibilidade das mãos logo após o choque. Conforme o G1, desde o acidente, na quinta-feira (6), as aulas foram suspensas por tempo indeterminado.

Segundo pessoas ligadas à escola, após o caso, um eletricista foi enviado pela Secretaria de Educação da Bahia e constatou que tem corrente elétrica passando fora da rede na unidade de ensino.

O ponto afetado seria um corrimão em frente as salas de aula. No entanto, a Secretaria não confirmou a informação. Em nota, a pasta informou que unidade é inspecionada por uma equipe de engenharia e as medidas serão adotadas para a reposição das aulas.