Publicado em 20/01/2019 às 08h30.

Cratera cresce e chega a quase 90 metros de comprimento

Descoberto em junho do ano passado, buraco está localizado a cerca de 1 quilômetro da vila de Matarandiba

Redação
cratera tv bahia
Foto: Reprodução / TV Bahia

 

A cratera que se abriu perto da vila de Matarandiba, no município de Vera Cruz, na ilha de Itaparica, aumentou de comprimento em quase 4 metros, de acordo com a da Dow Química, multinacional americana que atua na região onde surgiu o buraco, descoberto em junho do ano passado.

Em novembro do ano passado, a cratera tinha 86 metros de comprimento e 36 de largura. A medida atual é de 89,5 metros de comprimento, 40,9 de largura, segundo a empresa.

Com o acúmulo de detritos que caem com o crescimento do buraco, a profundidade diminuiu de 40 para 36,4 metros.

A Dow informou que segue com os estudos para descobrir as causas da cratera, localizada a cerca de 1 quilômetro de onde vivem os moradores da localidade.

Segundo a empresa, a comunidade está segura, devido aos resultados do estudo geomecânico divulgado no final de novembro, conduzido pela consultoria independente alemã Institute for Geomechanics (IFG), referência mundial no assunto.

Porém, como medida preventiva, foram instaladas tecnologias que oferecem informações em tempo real dos movimentos do subsolo na área, como satélite de alta precisão que possibilita monitorar e recuperar a história da movimentação do solo em toda a região da ilha. Com informações do G1.