Publicado em 02/11/2018 às 11h40.

Ex-presidiários, chilenos são presos com R$ 11 mil e produtos furtados

Segundo a polícia, Eduardo Antonio Vilches Gonzalez, Jonathan Andres Fernando Varas Berrioo e John Cristoffer Cid Jana são suspeitos de arrombar loja

Redação
Da esq. para a dir., Eduardo. Jonathan e John - Foto: SSP/divulgação
Da esq. para a dir., Eduardo. Jonathan e John – Foto: SSP/divulgação

 

Três chilenos foram capturados, na tarde de quinta-feira (1), por equipes da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Feira de Santana, com R$ 11 mil em espécie e produtos furtados.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), os ex-presidiários Eduardo Antonio Vilches Gonzalez, Jonathan Andres Fernando Varas Berrioo e John Cristoffer Cid Jana arrombaram uma loja de material esportivo da cidade no último dia 27.

Após ações de inteligência, policiais civis inicialmente localizaram o veículo modelo Focus, placa DTX-7998, utilizado pelo trio, na Rua Sulimam, bairro Parque Ipê.

A partir de então, os investigadores montaram campanas e, durante o monitoramento, os flagrou carregando materiais que estavam no carro e entrando em uma casa.

Eles foram abordados e, dentro do automóvel e da residência, os agentes encontraram as peças furtadas e o dinheiro em espécie.

Em depoimento, os estrangeiros confessaram o crime e relataram que o montante era proveniente da venda de roupas e equipamentos esportivos. O trio foi autuado por furto qualificado.

O diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Flávio Góis, exaltou o trabalho das equipes, mas lembrou que a receptação estimula esse tipo de prática.

“Na maioria das vezes, os furtos e roubos acontecem porque existem consumidores para aqueles produtos. Comprar algo por um preço bem menor e sem nota fiscal é estimular e financiar estas quadrilhas. A mesma população que cobra segurança precisa refletir sobre isso”, afirmou.