Publicado em 20/03/2017 às 17h20.

Operação apreende quase 100 litros de bebida imprópria para o consumo

A operação inspecionou dez bares, distribuidoras e lanchonetes da cidade neste final de semana

Redação
Foto: Divulgação/MP-BA
Foto: Divulgação/MP-BA

 

Quase 100 litros de bebidas impróprias para o consumo, entre cachaças artesanais, cervejas e refrigerantes fora do prazo de validade, foram apreendidos durante fiscalização deflagrada pelo Ministério Público neste domingo (19), no município de Jacobina, centro norte baiano.

Durante a fiscalização, um adulto foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia por fornecer bebidas alcoólicas para um adolescente, crime previsto no Artigo 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A pena é de até quatro anos de prisão.

Um bar, localizado no bairro da Serrinha, foi interditado por vender cachaças artesanais com a utilização de álcool combustível, ácido acético concentrado e outros produtos ainda não identificados. O estabelecimento também apresentou situação de higiene precária e comercializava produtos vencidos

Realizada com a participação do Conselho Tutelar, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal e Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Tributos, a operação inspecionou dez bares, distribuidoras e lanchonetes da cidade.