Publicado em 02/11/2018 às 15h00.

Polícia apura distribuição ilegal de gasolina adulterada em local de incêndio

Incêndio teria sido iniciado após um caminhão-tanque explodir; proprietário do terreno onde funcionava a garagem ainda não foi identificado

Redação
Foto: Reprodução/Nilson Marinho/Correio
Foto: Reprodução/Nilson Marinho/Correio

 

A Polícia Civil começou a investigar o que provocou o incêndio em uma garagem de caminhões-tanques na noite dessa quinta-feira (1º), no município de Candeias, e também apura um possível esquema ilegal de distribuição de gasolina adulterada.

Segundo informações do Correio, até a manhã desta sexta-feira (2) nenhuma pessoa havia sido ouvida pela polícia.

Também não se sabe ainda a identidade do proprietário do terreno onde os caminhões estavam estacionados, que fica no bairro de Ouro Negro, região afastada do Centro da Cidade, próximo a área de refino da empresa Lamarco.

Caso – Uma garagem de caminhões pegou fogo na noite de ontem e deixou duas pessoas feridas e ao menos quatro veículos destruídos no município de Candeias, Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Testemunhas afirmam que o incêndio começou após um dos cinco caminhões-tanque explodir. Um dos rapazes que ficaram feridos teve 95% do corpo queimado e está em estado grave no Hospital Geral do Estado (HGE).