Publicado em 17/05/2017 às 18h00.

Polícia Civil prende ex-prefeito por porte ilegal de armas

Investigações vão apurar ainda irregularidades como improbidade administrativa e ausência de prestação de contas ao TCE

Redação
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

 

O ex-prefeito de Itagimirim, no sul do estado, e quatro dos seus ex-secretários foram alvos, na manhã desta quarta-feira (17), de uma operação da Polícia Civil para cumprimento de mandados de condução coercitiva.

Rogério Andrade de Oliveira, ex-prefeito, e Rilson Neris Miranda, ex-secretário municipal, foram presos em flagrante por posse ilegal de armas. A dupla e outros funcionários da prefeitura são acusados de vários crimes contra o município.

Conduzidas pela 23ª Coordenadoria Regional de Polícia Civil do Interior (Eunápolis), as investigações vão apurar, entre outras irregularidades, improbidade administrativa e ausência de prestação de contas ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), de portarias de nomeações e de pastas de pagamentos dos servidores.

Os indiciados também estão sendo responsabilizados pelo desaparecimento de peças de veículos automotores e tratores, de documentos contábeis da administração municipal, aparelhos de ar-condicionado, computadores, scaneres, impressoras, móveis do gabinete e da recepção, objetos de decoração (quadros) e outros bens públicos.

PUBLICIDADE