Publicado em 10/11/2017 às 21h40.

Presos homens suspeitos de extorquir engenheiro

Suspeitos são acusados de vender vagas de emprego por R$ 4 mil cada e foram flagrados com pistola e carteiras de trabalho em nome de terceiros

Redação

Quatro homens foram presos nesta quinta-feira (9), em Candeias, na Região Metropolitana de Salvador, acusados de ameaçar e extorquir um engenheiro, que se dizia obrigado a criar vagas de empregos na empresa onde trabalhava, uma prestadora de serviços de uma refinaria localizada também na RMS.

Depois de criados, os postos de trabalho seriam vendidos por R$ 4 mil cada.

Anderson Batista Santana, o Psirico, Carlos Vinicius Aragão Santos, o Papito, Josevaldo Alves da Conceição e Rafael dos Santos foram, há dois meses, denunciados pela vítima, que procurou a 20ª Delegacia Territorial (DT) da cidade.

Uma emboscada foi armada para capturar os suspeitos. O denunciante informou à polícia que o grupo o esperava próximo à refinaria e uma guarnição foi até o local e efetuou a prisão. Com o quarteto, foram apreendidas uma pistola 9mm e várias carteiras de trabalho em nome de terceiros.

A 20ª DT informou ainda que o grupo também é suspeito de extorquir e ameaçar funcionários de outras empresas nos municípios de Madre de Deus e São Francisco do Conde. Três das vítimas já os teriam reconhecido.

Psirico, Papito, Josevaldo e Rafael foram autuados em flagrante pelos crimes de extorsão, porte ilegal de arma e associação criminosa. Os quatro estão custodiados na carceragem da 20ª DT/Candeias, à disposição da Justiça.