Publicado em 22/02/2018 às 20h40.

Promotor diz que ações contra Juliana Paes seguem na Justiça

Em uma das ações, promotor pede o afastamento do cargo da secretária

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

O promotor Everardo Yunes, do Ministério Público Estadual de Camaçari (MPE), disse ao site “Camaçari Agora” que nada mudou nas ações contra a secretária de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente de Camaçari, Juliana Paes.

Segundo ele, o juiz Ricardo Dias de Medeiros Netto, da 1ª Vara Criminal de Camaçari, cometeu um erro quando se baseou em documento desatualizado sobre as atribuições da Promotoria. De acordo com Nunes, são duas ações, uma penal na 1ª Vara Criminal, que agora contesta, e outra cível, que segue na Vara da Fazenda Pública.

Na segunda ação, ele pede o afastamento do cargo da secretária e demais servidores envolvidos, além da abertura de ação por improbidade administrativa. A titular da Sedur é acusada pelo MPE de participação em esquema de propina a fim de facilitar a liberação de licenças em empreendimentos imobiliários no município.

O promotor reiterou que as provas que possui contra a secretária são robustas.