Publicado em 11/06/2019 às 11h45.

Suspeito de liderar facção morre em confronto com a polícia

De acordo com a SSP-BA, Luís Carlos de Souza Santos, o “Pai Lula de Cachoeira”, tinha mandado de prisão em aberto e estava foragido

Redação
Foto: Divulgação/SSP-BA
Foto: Divulgação/SSP-BA

 

Luís Carlos de Souza Santos, o “Pai Lula de Cachoeira”, suspeito de tráfico, homicídio e de liderar uma facção com atuação em Cachoeira, no Recôncavo Baiano, morreu em confronto com a polícia nessa segunda-feira (10).

Luís possuía mandado de prisão em aberto e estava foragido. De acordo com a SSP-BA, ele foi encontrado em um imóvel no bairro de Itapuã e reagiu atirando no momento da chegada dos policiais. Ainda segundo a SSP-BA, o suspeito foi atingido e socorrido para o Hospital Menandro de Faria, mas não resistiu aos ferimentos.

Com ele, foram apreendidos um revólver calibre 38, munições, um quilo de maconha, porções de cocaína e uma balança.

 

PUBLICIDADE