Publicado em 19/05/2017 às 19h40.

Aécio: Temer pediu retirada de ação do PSDB que pede cassação de chapa

Relato consta em pedido de inquérito apresentado pela Procuradoria-Geral da República e autorizado pelo Supremo Tribunal Federal

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

O senador afastado Aécio Neves (PSDB) contou ao empresário Joesley Batista, do grupo JBS, que o presidente Michel Temer (PMDB) lhe pediu a retirada da ação que pede a cassação da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de acordo com informações do G1.

“A Dilma caiu, a ação continuou, e ele quer que eu retire a ação. Cara, só que, se eu retirar, e não estou nem aí, eu não vou perder nada, o Janot [procurador-geral da República] assume, o Ministério Público assume essa merda”, afirmou Aécio, em conversa gravada pelo empresário.

O tucano está afastado do mandato de senador por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, que atendeu a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR).

O relato consta em pedido de inquérito apresentado pela PGR e autorizado pelo Supremo nesta quinta-feira (18), para investigar Aécio, Temer e o deputado federal Rodrigo Rocha Loures, também afastado.