Publicado em 05/01/2017 às 09h41.

Alexandre Aleluia entra com o primeiro projeto: é polêmico

Ele defende a chamada “escola sem partido” no âmbito da rede municipal de Salvador

Levi Vasconcelos
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ bahia.ba
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ bahia.ba

 

Mal acabou de tomar posse e com a Câmara ainda em recesso, o vereador Alexandre Aleluia (DEM) já apresentou o seu primeiro projeto que, por sinal, promete polêmica: ele defende a chamada “escola sem partido” no âmbito da rede municipal de Salvador.

— O resultado deste atual modelo deletério em que os professores viraram cabos eleitorais é o rendimento dos estudantes brasileiros, classificado entre os piores do mundo. O projeto é uma solução real.

Beca liderou o time

Na legislatura que se findou, o campeão de projetos em Salvador foi o vereador Everaldo Lopes dos Santos, o Beca (PPS): apresentou 29, contra 26 do atual presidente da Câmara, Leo Prates (DEM), e outros 19 do Executivo.

Um deles dá folga ao servidor no dia do aniversário, outro cassa o alvará do posto que adulterar o combustível e outro obriga unidades de saúde a publicar a lista de servidores da área.

— Eu apenas cumpro o meu papel, que é de fiscalizar o prefeito e legislar.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é Jornalista político, Diretor de Jornalismo do Bahia.ba, e titular da Coluna Tempo Presente do Jornal A Tarde.