Publicado em 16/10/2017 às 18h30.

Após ameaçar entregar cargos, PDT quer vaga na majoritária de Rui

Entre os citados estão Félix Mendonça Jr., Desidério Bispo de Melo e Joviniano Neto

Redação
Foto: Lucio Bernardo Jr./ Câmara dos Deputados
Foto: Lucio Bernardo Jr./ Câmara dos Deputados

 

O PDT, depois de especular entregar todos os cargos no governo Rui Costa (PDT) (veja aqui e aqui), agora quer compor chapa com o petista. De acordo com nota enviada pela assessoria do presidente da sigla na Bahia, Félix Mendonça Jr., “o PDT é um grande partido e tem uma história de luta exemplar na política do país”.

O deputado federal não chegou citou nomes, mas diversos movimentos populares ligados à legenda indicaram pessoas. Entre os citados, estão o próprio Félix, o diretor-geral do Instituto Anísio Teixeira, Desidério Bispo de Melo, e o sociólogo Joviniano Neto.