Publicado em 11/01/2018 às 10h35.

Após polêmica, ACM Neto confirma BaianaSystem no Furdunço

Prefeito, no entanto, descartou a participação do cantor Leo Santana, que se apresentou junto com a banda liderada por Russo Passapusso na edição do ano passado

João Brandão / Rodrigo Daniel Silva
Foto: Roberto Viana/Agência Haack/Bahia.ba
Foto: Roberto Viana/Agência Haack/Bahia.ba

 

Após polêmica, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), confirmou ao bahia.ba que a banda BaianaSystem vai se apresentar no Furdunço, no dia 4 de fevereiro.

“Não teve polêmica. Eu jamais censurei nenhuma banda. A decisão foi minha de colocar. Acho que ano passado acabou sendo essa combinação de coisa”, afirmou, durante cortejo da Lavagem do Bonfim, nesta quinta-feira (11).

Apesar de confirmar BaianaSystem, Neto descartou a participação do cantor Leo Santana, que se apresentou junto com a banda liderada por Russo Passapusso na edição do ano passado.

No começo de novembro, o bahia.ba apurou com a prefeitura que a banda, alvo de polêmica (veja aqui e aqui) em 2017 ao puxar o coro “Fora Temer“, não iria participar do evento que antecede a folia momesca no próximo ano. A justificativa do Executivo municipal era de que atrações como BaianaSystem e Leo Santana descaracterizam a proposta por serem “bombadas”.

A decisão causou revoltas aos fãs e ao próprio Passapusso, que utilizou suas redes sociais para protestar.