Publicado em 05/01/2018 às 07h31.

Após prometer 125 dias de licença, Vado Malassombrado volta à Câmara

Vereador passou 45 dias sem mandato ao alegar que iria tocar seus projetos sociais

João Brandão
Foto: Valdemiro Lopes/CMS
Foto: Valdemiro Lopes/CMS

 

Após 45 dias, o vereador de Salvador Vado Malassombrado (DEM) pediu, nesta quinta-feira (4), para voltar à Câmara Municipal de Salvador (CMS). O requerimento foi entregue ao presidente da Casa, Léo Prates (DEM). Com a volta de Vado – que havia pedido licença de 125 dias do cargo no dia 21 de novembro – quem deixa a cadeira é Demétrio Oliveira (DEM).

A volta dele surpreendeu aliados, que esperavam o pedido apenas após o recesso parlamentar. Correligionários acreditam que ele deixou a Casa para se dedicar às festas de fim de ano que promove. À época, Malassombrado disse que iria tocar seus projetos sociais.

Procurado pelo bahia.ba durante a manhã desta sexta-feira (5), o edil não retornou as ligações.