Publicado em 11/01/2017 às 18h44.

Azi pede que MP-BA apure uso de ‘recursos públicos’ em evento de Lula

Democrata disse ter recebido denúncias de que servidores públicos receberam “auxílio para participar do ato”

Rodrigo Daniel Silva
Foto: Gilmar Felix / Câmara dos Deputados
Foto: Gilmar Felix / Câmara dos Deputados

 

O deputado federal Paulo Azi (DEM) pediu, nesta quarta-feira (11), que o Ministério Público da Bahia (MP-BA) apure se houve uso de “recursos públicos” no evento promovido pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra, com a participação do ex-presidente Lula (PT), em Salvador.

De acordo com o parlamentar, ele recebeu denúncias de servidores públicos estaduais de que militantes receberam auxílio para participar do ato, inclusive transporte.

“O evento teve caráter eminentemente eleitoreiro. Com dinheiro público, montaram um verdadeiro palanque para um ex-presidente que é réu e pode ser preso a qualquer momento pela Operação Lava Jato”, atacou o democrata.

O deputado ressaltou que o Parque de Exposições é “um equipamento público mantido pelo Estado”. “É preciso saber a origem desses recursos. Há suspeitas de que toda essa logística teve o apoio do governo estadual”, afirmou.