Publicado em 10/10/2017 às 08h46.

Benchmarking da saúde, as boas experiências que sobem ao palco

Aí está o desafio que Maurício Dias, presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos da Bahia (FESFBA), topou

Levi Vasconcelos

Frase da vez

“A verdadeira felicidade vem da alegria de atos bem feitos, do sabor de criar coisas renovadas”
Antoine de Saint-Exupéry, escritor e piloto de avião francês (1900-1944).

Foto: Reprodução/ Portal Saúde no Ar
Foto: Reprodução/ Portal Saúde no Ar

O estigma: no vasto universo dos serviços de saúde baiano há muita coisa boa acontecendo, embora na mídia só prevaleça os fatos negativos. Como virar o jogo?

Aí está o desafio que Maurício Dias, presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos da Bahia (FESFBA), topou. Ontem ele realizou a segunda edição do Benchmarking FESFBA 2017, premiando seis trabalhos a partir de 25 inscritos.

Benchmarking é referência e Maurício diz que o foco é estimular boas práticas.

— O compartilhamento de experiências bem sucedidas é extremamente salutar.

Bota salutar nisso. Cada instituição chega, dá o recado. Diz o que está fazendo com bons resultados, ganha o reconhecimento e deixa as lições. É o tipo da ideia que tem de embalar.

Vencedores

Os seis vencedores são: Humanização, Santa Casa de Itabuna: Pesquisa Assistencial, Fundação José Silveira com a experiência das pesquisas do IBIT em tuberculose: Qualificação, Obras Sociais Irmã Dulce (OSID); Gestão de Custos, Hospital São Francisco , de Campo Formoso; Socioambiental, Hospital São Rafael e Captação de Recursos, Martagão Gesteira.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é Jornalista político, Diretor de Jornalismo do Bahia.ba, e titular da Coluna Tempo Presente do Jornal A Tarde.