Publicado em 16/06/2019 às 16h00.

Bolsonaro defende armar população para evitar golpes de Estado

Presidente participou de evento do Exército em Santa Maria (RS)

Redação
bolsonaro santa maria foto alan santos pr
Foto: Alan Santos / PR

 

O presidente Jair Bolsonaro defendeu que armar a população pode evitar golpes de Estado, durante evento do Exército em Santa Maria (RS) no sábado (15).

“Nossa vida tem valor, mas tem algo com muito mais valoroso do que a nossa vida, que é a nossa liberdade. Além das Forças Armadas, defendo o armamento individual para o nosso povo, para que tentações não passem na cabeça de governantes para assumir o poder de forma absoluta. Temos exemplo na América Latina. Não queremos repeti-los. Confiando no povo, confiando nas Forças Armadas, esse mal cada vez mais se afasta de nós”, discursou, durante a Festa Nacional da Artilharia (Fenart), no 3º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado, que celebra o aniversário do marechal Emílio Luiz Mallet, seu patrono.

O chefe do Palácio do Planalto assistiu a uma encenação da Batalha de Tuiuti, de 1866, durante a guerra do Paraguai, vencida pela Tríplice Aliança (Brasil, Uruguai e Argentina).

A apresentação contou com tiros, cavalos, luzes, narração e soldados com os uniformes da época.

Pouco antes, na chegada à base área da cidade, Bolsonaro deu tapas em um “pixuleco” – boneco do ex-presidente Lula – entregue por um apoiador, segundo informações da Folha.

PUBLICIDADE