Publicado em 24/05/2019 às 16h23.

Bolsonaro sobre Guedes: Ninguém é obrigado a ficar como ministro meu’

Declaração ocorre após o ministro da Economia ameaçar abandonar o governo caso a reforma da Previdência não seja aprovada como ele deseja

Redação
Foto: Reprodução/Twitter/Arquivo Pessoal
Foto: Reprodução/Twitter/Arquivo Pessoal

 

O presidente Jair Bolsonaro comentou nesta sexta-feira (24) a declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre abandonar o governo. à revista semanal Veja, o economista disse que vai renunciar ao cargo caso a reforma da Previdência vire uma “reforminha” e não seja aprovada como ele planejou.

“Paulo Guedes está no direito dele. Ninguém é obrigado  a ficar como ministro meu”, disse Bolsonaro. O presidente também afirmou que, se a reforma não passar no Congresso, “será o caos na economia”.

Na entrevista, Paulo Guedes disse que, sem a reforma, o País pode quebrar já em 2020. “Se não fizermos a reforma, o Brasil pega fogo. Vai ser o caos no setor público, tanto no governo federal como nos Estados e municípios”, afirmou.

“Pego um avião e vou morar lá fora. Já tenho idade para me aposentar”, disse ele, segundo a reportagem. Com informações do Estadão.

PUBLICIDADE