Publicado em 11/10/2017 às 09h01.

Brizola, o melhor da história do Rio, é manjar para Brust

Presidente da Companhia Bahiana de Pesquisas Minerais (CBPM) viveu ontem um dia todo especial

Levi Vasconcelos
Foto: Sandra Travassos/ AL-BA
Foto: Sandra Travassos/ AL-BA

 

Amigo de Leonel Brizola, ex-governador gaúcho e carioca, a vida toda, Alexandre Brust, presidente da Companhia Bahiana de Pesquisas Minerais (CBPM), viveu ontem um dia todo especial.

Pesquisa do Datafolha apontou Brizola como melhor governador da história do Rio, com 14% por conta do governo entre 1983 e 1987, percentual que sobe para 23% no público entre 45 e 59 anos.

Advinhe quem os cariocas consideraram o pior? Ele mesmo, Sérgio Cabral, com 38% seguido pelo amigo Luiz Pezão, com 18%, ainda com 81% de rejeição.

Legado maldito

Aliás, por conta do Rio, legado olímpico no Brasil é outra coisa. Em Barcelona (1992) credita-se a uma transformação que botou a cidade catalã no mapa turístico do mundo. Em Londres (2012), transformou Stratford, área leste, antes abandonada, no parque esportivo e de lazer. No Brasil, é essa tristeza da Lava Jato mostrando roubo na construção de estádios e piscinas e até na compra do direito de sediar os jogos.

É o legado da corrupção. Coisa triste.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é Jornalista político, Diretor de Jornalismo do Bahia.ba, e titular da Coluna Tempo Presente do Jornal A Tarde.