Publicado em 20/09/2017 às 20h20.

Sergio Cabral é condenado a 45 anos de prisão

Esta é a maior pena já aplicada em processos decorrentes da Operação Lava Jato e se refere a processo que trata de propinas pagas pela Andrade Gutierrez

Redação
Sérgio Cabral / Foto: Getty Images
Sérgio Cabral / Foto: Getty Images

 

O juiz Marcelo Bretas condenou nesta quarta-feira (20) o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) a 45 anos e dois meses de prisão por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e liderar organização criminosa.

Esta é a maior pena já aplicada em processos decorrentes da Operação Lava Jato e se refere a processo que trata de propinas pagas pela Andrade Gutierrez por obras no Estado, lavagem de dinheiro por meio de aquisição de joias e do escritório de advocacia da ex-primeira-dama Adriana Ancelmo.

O magistrado também condenou a mulher do ex-governador a 18 anos e 3 meses de prisão em razão da lavagem de dinheiro por meio da compra de joias e pela contratação fictícia de seu escritório de advocacia por meio de duas empresas.