Publicado em 12/07/2019 às 06h33.

Câmara aprova contribuição mínima de 15 anos para homens

Proposta enviada por Bolsonaro previa 20 anos de tempo mínimo de contribuição

Redação

 

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

 

A Câmara aprovou, por 445 votos a 15, que homens, mesmo após a reforma da Previdência, podem se aposentar ao cumprir o tempo mínimo de contribuição de 15 anos.

A proposta original, enviada pelo presidente Jair Bolsonaro, previa 20 anos de tempo mínimo de contribuição para homens.

Para destravar a análise da reforma na Câmara, no entanto, o governo teve que ceder e participar de um acordo com partidos de centro e a oposição para alterar esse trecho do texto, reduzindo o período para 15 anos.

Esse é o mesmo critério usado atualmente na aposentadoria por idade para trabalhadores da iniciativa privada.

PUBLICIDADE